11 2539-6808

whatsapp e telefone fixo

©2019 by Shivoham Yoga.

Texto sobre o logo

Significado

A palavra Shivoham tem origem da língua sânscrita e o seu significado é "eu sou shiva", remetendo que somos a consciência divina que está presente em cada um de nós, existe um poema muito lindo que expressa muito bem o significado de Shivoham, ele é o Nirvana Shatakam, conhecido também como Atma Shatakam.

Atma Shatakam

(Poema de seis estrofes versando sobre Atma)Escrito por Adi Shankara

1.1: Eu não sou a mente, nem a inteligência, nem o ego,

1.2: Eu não sou os órgãos da audição, nem os órgãos do paladar, nem os do gosto, nem os da visão,

1.3: Eu não sou o céu, nem a Terra nem o fogo, nem o ar,

1.4: Eu sou A Pura Consciência Sempre em Prazer (êxtase, felicidade, bem-aventurança); Eu Sou Shiva, Eu Sou Shiva,

Eu sou A Pura Consciência Sempre em Prazer, Eu Sou Shiva, Eu Sou Shiva.

2.1: Eu não sou o fôlego vital, nem os quatro tipos de energia vital,

2.2: Eu não sou nenhum dos sete elementos (do corpo), nem as cinco camadas (do corpo),

2.3: Eu não sou o órgão da fala, nem os órgãos para segurar (mãos), nem os de mover (pés), nem  os da excreção,

2.4: Eu sou A Pura Consciência sempre em Prazer, Eu sou Shiva, Eu sou Shiva,

Eu Sou A Pura Consciência sempre em Prazer, Eu sou Shiva, Eu sou Shiva.

 

3.1: Eu não tenho ódio, nem apego, nem ganância, nem paixão,

3.2: Eu não tenho orgulho, nem inveja, nem ciúme,

3.3: Eu não sou limitado pelas leis do Dharma (dever da ação correta), Artha (prosperidade material), Kama (Desejo carnal) e Moksha (Iluminação espiritual) (as quatro metas da vida mundana),

3.4: Eu Sou a Pura Consciência Sempre em Prazer; Eu Sou Shiva, Eu Sou Shiva,

Eu Sou A Pura consciência sempre em Prazer, Eu Sou Shiva, Eu Sou Shiva.

4.1: eu não sou limitado pelos méritos, nem pelos pecados, nem pelas alegrias mundanas, nem pelas tristezas mundanas,

4.2: Eu não sou limitado pelos mantras (sons sagrados), nem pelos locais sagrados, nem pelas escrituras, nem pelos sacrifícios;

4.3: Eu não sou o gozo (das experiências), nem os objetos de prazer (o experimentado), nem aquele que goza o prazer (o experimentador),

4.4: Eu Sou A Pura Consciência sempre em Prazer, Eu Sou Shiva, Eu Sou Shiva,

Eu Sou A Pura Consciência Sempre em Prazer, Eu Sou Shiva, Eu Sou Shiva.

​5.1: Eu não sou limitado pela morte, nem pelo medo, nem pelas regras das castas e suas distinções,

5.2: Eu não tenho pai, nem mãe, nem tenho nascimento,

5.3: Eu não tenho relacionamentos, nem amigos, nem mestre espiritual, nem discípulo,

5.4: Eu Sou A Pura Consciência sempre em Prazer, Eu Sou Shiva, Eu Sou Shiva,

 

Eu Sou A Pura Consciência sempre em Prazer, Eu Sou Shiva, Eu Sou Shiva.

 

​6.1: Eu não tenho variações, nem forma,

​6.2: Eu Sou presente em todo lugar como o Substrato subjacente de tudo e por trás de todos os órgãos dos sentidos,

6.3: Eu não tenho apego a nada, nem sou livre de coisa alguma,

6.4: Eu Sou A Pura Consciência sempre em Prazer, Eu Sou Shiva, Eu Sou Shiva,

Eu sou A Pura Consciência sempre em Prazer, Eu Sou Shiva, Eu Sou Shiva.